Follow by Email

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Os crescidos, pero no mucho

Ana Clara e a eloquência.

- Mamãe, olha aqueles brinquedos!
- Muito legais - brinquedos do shopping, aquele mini parque de diversão.
- Você gostou?
- Gostei...
- Porque, sabe, se você gostou, eu e o Lucas estamos disponíveis pra brincar, se você quiser...


- Alô?
- Oi, mamãe!
- Oi, filha!
- Mamãe, sabe, o tempo não está muito bom aqui, agora, mas será que depois que parar de chover... Sabe, eu tenho pouco dinheirinho, mas se você puder emprestar do cofrinho, e parar de chover, eu posso ir comprar revista? Uma pra mim e uma pro Lucas?


E aí ela me lembra que tem cinco aninhos.
- Mamãe, minha gaita quebrou. Mas eu pedi outra pra Dedé.
- Filha! Não faz isso!... Ela deu a gaita, quebrou, fala pra mamãe. A gente resolve. Não fica pedindo pra ela.
- Hum... Desculpa. Se você quiser, eu "despido"!


E Lucas teve o episódio em que eu disse que já íamos sair do banheiro, ele entendeu que íamos sair de casa. Trocou o "êeee! saí!" por um muxoxo "aaaaaah"... E depois ficou andando no corredor "qué saí, mamãe. Pasiá!".

<3

Nenhum comentário:

Postar um comentário